Numerologia Cabalística: A Gematria

Tempo estimado de leitura: 4 mins

1, 2, 3, 4, 5… Nem sempre a humanidade utilizou estes símbolos (chamados algarismos indo arábicos) para contar e fazer cálculos. Até lá pelos idos da Idade Média a maioria dos povos europeus e do Oriente Médio utilizam as letras dos próprios alfabetos para representar os números. Mas se números e letras era, por assim dizer, a mesma coisa, a associação de significados entre uns e outras era uma ideia que não tinha como deixar de existir. Esta é a origem da maior parte dos sistemas de numerologia, tais como a hebraica e a grega.

Na Cabalá o alfabeto hebraico é considerado mais do que uma forma de escrever. Para o cabalista este alfabeto é considerado sagrado pois cada uma das letras possui uma série de associações – com significados próprios, com planetas, signos e até com partes do corpo humano – que podem ser interpretadas de forma individual e coletiva. É como se cada letra tivesse uma personalidade e interagisse com o Universo de uma forma particular. E se as letras têm personalidades as palavras, que são compostas por elas, também as têm; sendo que a personalidade de uma palavra é composta pela soma e interação das personalidades das letras que a compõem.

E se os números são representados pelas mesmas letras do alfabeto, o mesmo se aplica a eles. Mais do que isso, há uma correlação entre as personalidades dos números e das palavras. E uma das técnicas para se analisar essas personalidades é chamada de Gematria: a arte de se interpretar essas personalidades e suas correlações.

Acontece que, ao contrário de outros sistemas de numerologia criados posteriormente, como a Numerologia Pitagórica, onde os valores das letras são atribuídos de forma sequencial (A = 1, B = 2, C = 3 etc.), nos valores das letras na Gematria são os atribuídos pela própria tradição milenar hebraica: estes valores não são atribuídos ao alfabeto latino, que usamos no cotidiano, e sim às letras do alfabeto hebraico segundo eram usados para as representações numéricas no cotidiano ancestral. Assim, temos as seguintes atribuições:

NomeLetraTransliteraçãoSomValor
AlephאAA (breve)1
BethבBB2
GimelגGG3
DalethדDD4
HeהHH ou E5
VauוVV, U ou F6
ZaynזZZ7
ChethחChR (gutural)8
TethטThT (forte)9
YodיI ou YI10
Kaphכ ou ךKK20 ou 500
LamedלLL30
Memמ ou םMM40 ou 600
Numנ ou ןNN50 ou 700
SamekhסSS60
AyinעAaA (longo)70
Peפ ou ףPP80 ou 800
Tzaddiצ ou ץTzTsc90 ou 900
QophקQQ100
ReshרRR (leve)200
ShinשShX300
TavתTT (leve)400

Na tabela acima, a coluna Transliteração é a forma que usamos para escrever palavras em Hebraico usando o alfabeto latino e a coluna Som representa o som da letra (usado para fazer as transliterações).

Uma coisa que você deve ter percebido é que uma letra pode ter duas representações diferentes, como nas letras Mem e Pe. Isso porque elas assumem formas e valores diferentes de estiverem no início ou meio de uma palavra e quando são a última letra (aqui vale lembrar que o hebraico é escrito da direita para a esquerda).

Outra coisa que você deve ter percebido é que escrever números antigamente era uma coisa meio complicada pois o valor de um número era a soma dos valores de cada uma das letras que o compõe. Isso significa que dois “números” diferentes podiam ter o mesmo valor. Por exemplo, é perfeitamente válido representar o número 100 por לע ,דיהפ ou ק. Claro que, na prática, usa-se a representação mais fácil: ק. Mas isso é para que você perceba que existe uma variação nas representações, e essa variação é importante pois representar o mesmo número por letras distintas altera também o significado daquele número. Isso mesmo, na Gematria o que conta é o significado da letra e não do número.

Outro fator fundamental na Gematria é que se duas palavras possuem o mesmo valor numérico então elas, por assim dizer, vibram na mesma energia. Isso quer dizer que existe uma correlação energética entre aquelas duas palavras e seus conceitos. Este fator é um dos mais importantes pois é justamente ele que é utilizado no processo de análise gemátrica de um nome. Por estas correlações é que podemos entender o significado de um nome ou uma palavra e estudá-lo.

Vamos a um exemplo, usando a palavra GARRAFA. Existem mais de 20 métodos de cálculo de valor gemátrico. Aqui vamos ensinar o mais comum, o Mispar Hechrachi (valor normativo).

O primeiro passo é a transliteração do nome ou palavra (ou mesmo um grupo de palavras) para o Hebraico. Aqui não existe uma regra sendo mais uma questão de sensibilidade. Então, podemos transliterar “garrafa” para גאחאוא (atenção: isto não é a palavra “garrafa” em hebraico, que seria בקבוק; é uma transliteração e não uma tradução), ou, no formato de letras latinas, GAChAVA, com a letra Cheth é usada no lugar do “RR”. Daí podemos tirar os valores 3, 1, 8, 1, 6 e 1. O valor da palavra “garrafa”, então, seria de 3 + 1 + 8 + 1 + 6 + 1 = 20.

A análise gemátrica, então, seria feita analisando-se cada uma das letras da palavra transliterada, verificando-se suas simbologias próprias, suas correlações astrológicas, suas correspondências físicas, suas posições nos Caminhos da Árvore da Vida e o significado das mesmas, as correspondências com o Tarô e assim por diante. Em seguida, seriam buscadas (geralmente em um dicionário gemátrico) outras palavras que também possuem um valor de 20 e analisando-se o significado das mesmas e suas possíveis correlações com a palavra “garrafa”. Por fim, faz-se a redução do valor, 2 + 0 = 2 (até que se chegue a um valor menor que 10), o que coloca a palavra em uma das Esferas da Árvore da Vida e o significado disso, além de outras palavras que se relacionem com o número reduzido.

Ao fim, faz-se uma síntese de todas essas informações e chega-se a uma conclusão final sobre o que significa aquele nome, palavra ou grupo de palavras.

Há outros aspectos da análise gemátrica que são mais complexos para se explicar aqui, mas uma boa noção do que é esta forma de numerologia e seu funcionamento. Isso pode, por exemplo, ser utilizado para verificar se, cabalisticamente, o nome de uma empresa tem a ver com os objetivos da mesma ou não e, talvez, sugerir-se mudanças.

Caso você tenha se interessado pelo processo, fica aqui um “brinde”. Hoje em dia podem-se encontrar na Internet uma série de calculadoras de valores gemátricos, várias das quais não apenas dão o valor da palavra como também apresentam outras palavras de mesmo valor. Dos bons exemplos podem ser encontrados no link

Alguns apps também estão disponíveis:

Infelizmente, não se encontra uma boa calculadora gemátrica em Português.

Boas palavras para todos!

Deixe um comentário sobre o artigo:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.